América de Biden: Exército dos EUA divulga comercial de recrutamento estrelado por mães lésbicas

Exército dos EUA lançou uma nova campanha de recrutamento animada com cinco soldados diversos e uma família LGBTQ+ na esperança de atrair um novo público jovem para o alistamento militar. A campanha, intitulada “The Calling”, apresenta cinco curtas-metragens que detalham como o personagem principal de cada filme decidiu entrar para o Exército.

Um dos curtas conta a história da cabo Emma Malonelord, que foi criada por duas mães lésbicas e passa a operar os sistemas de defesa anti-mísseis do país. “Criada por duas mães que a apoiavam, Emma se sentiu sortuda por ter modelos tão poderosos em sua vida”, afirma sinopse da campanha. “Inspirada por sua coragem e convicção, ela estava determinada a enfrentar seus próprios desafios e quebrar estereótipos ao longo do caminho“. Em uma das cenas, Emma aparece marcando presença em uma parada do orgulho LGBTQ+ ao lado de suas mães.

O General Patrick Michaelis, subcomandante do Comando de Recrutamento do Exército dos EUA, disse ao site Military.com que os novos vídeos são uma “partida distinta” das campanhas anteriores. “Tanto em seu tipo de visual cativante, essa abordagem de anime, mas também em um retrato íntimo daqueles que servem”, disse Michaelis.

Somente a partir de 2011 pessoas assumidamente LGBTs foram autorizadas a servir nas forças armadas dos EUA. A proibição de recrutamento de pessoas trans foi posta em prática por Donald Trump, mas foi suspensa este ano sob a administração do presidente Joe Biden.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!