Jogador sérvio de polo aquático é punido após insulto homofóbico contra jogador gay

O Comitê de Competição da Federação Espanhola de Natação sancionou o jogador sérvio Sabadell Nemanja Ubovic com quatro jogos de suspensão e uma multa no valor de 200 euros, cerca de R$ 1.400, por ter chamado o rival espanhol Víctor Gutiérrez de “bicha“. O episódio ocorreu no dia 17 de abril, durante os Jogos da Liga Nacional de Polo Aquático na Espanha. Gutiérrez denunciou publicamente o incidente nas redes sociais.

É lamentável que esses comportamentos ocorram em ambientes esportivos e que também fiquem impunes. Depois de horas e de não ter recebido nenhum pedido de desculpas do jogador, decidi não proteger a pessoa que me insultou ontem”, denunciou o atleta, que em maio de 2016 se tornou o primeiro atleta de times de elite a divulgar sua homossexualidade. A Comissão de Competição abriu processo contra o jogador sérvio, que agora terá de cumprir a sanção. Todos os envolvidos no caso foram ouvidos, assim como verificadas as imagens de TV do evento. O órgão disciplinar entendeu que Ubovic proferiu um insulto homofóbico ao adversário no fim do jogo e quando ambas as equipes procederam ao aperto de mão formal, já fora da piscina.

Entre todos nós, conseguimos fazer história. Talvez pela primeira vez, a homofobia no esporte será sancionada“, destacou o jogador espanhol após a decisão. “Havia duas opções, olhar para o outro lado e ser cúmplices ou realmente demonstrar que no esporte a homofobia não tem lugar“, concluiu o jogador de polo aquático.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!