Em Munique, torcedor invade gramado e exibe bandeira nas cores do arco-íris em protesto contra lei anti-LGBTQ+

Um torcedor vestindo a camisa da Alemanha e uma bandeira com as cores do arco-íris invadiu o gramado da Allianz Arena, em Munique, antes do início da partida Alemanha x Hungria, nesta quarta-feira (23/06).

O rapaz, não identificado, foi logo detido pelos seguranças do estádio. O gesto foi uma resposta a nova lei aprovada no país onde faz proibição de divulgação de qualquer material que tenha conteúdo homossexual, seja nas ruas, escolas ou propagandas de TV e cinema. Um grupo ativista LGBTQ+ e a Prefeitura de Munique já haviam pedido para que a Uefa liberasse a iluminação no estádio Allianz Arena com as cores do arco-íris, mas foi vetada pela entidade, que considerou a iniciativa como um gesto político. O ministro das Relações Exteriores e Comércio da Hungria, Péter Szijjártó, elogiou a Uefa e considerou o veto uma medida de “bom senso.”

Como forma de mostrar apoio ao movimento, outros torcedores que foram assistir à partida também carregaram bandeiras arco-íris. Além disso, outros estádios na Alemanha se iluminaram com as cores da bandeira LGBTQ+ nesta quarta. Após a polêmica, a Uefa colocou as cores do arco-íris em seu logotipo no Twitter, com o texto de que para a entidade, não se trata de um símbolo político, mas um sinal do “firme comprometimento para uma sociedade mais diversa e inclusiva“.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!