Após cancelamento, MC Trans largou a carreira e voltou para a prostituição: “Pior coisa da vida”

Conversamos com a MC Trans no estúdio do Pheeno para uma entrevista reveladora! Ela conta com exclusividade toda a repercussão do cancelamento que sofreu em 2016/2017, época em que tentou suicídio e voltou a se prostituir em São Paulo.

A funkeira pede perdão aos fãs por polemizar sem necessidade na época, confessa que não suporta sua própria música “Brilho Não É Para Todas” por levantar rivalidade entre mulheres e fala de desavenças passadas com a também cantora MC Xuxu. MC Trans também comenta sobre o vídeo que confronta uma feminista radical sobre uso de banheiro por pessoas trans e revela, ainda, detalhes de seu EP de retorno a música!

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!