Coronel da PM é preso após se recusar a pagar conta de motel e valor de programa com travesti

Um tenente-coronel da Polícia Militar foi preso na madrugada desta quinta-feira (01/07), em Várzea Grande (MT), depois de se recusar a pagar a conta em um motel e o valor de um programa. Identificado como P.J, de 50 anos, o oficial teve um “surto” no motel, gritando e ameaçando a recepcionista e a travesti contratada.

Segundo informações do portal RDNews, no boletim de ocorrência, consta que o homem estava bastante agressivo e quebrando o quarto. Uma das funcionárias contou que ele ameaçou dar um tiro nela. Mesmo após a polícia chegar, o militar não obedeceu as ordens e foi necessário ser contido com técnicas de imobilização e uso moderado de força, sendo algemado em seguida. Em buscas no carro dele, a PM encontrou uma espingarda calibre .28 e 4 munições do mesmo calibre. Perguntado sobre o registro, ele afirmou que não tinha. Já dentro da suíte, a televisão, a porta e o telefone estavam danificados. Durante a prisão, o coronel não se apresentou oficialmente, nem mesmo confirmou sua identificação. O boletim de ocorrência foi registrado como Crime da Administração Publica e resistência.

Ainda de acordo com o portal, essa não é a primeira vez que o militar se envolve em confusões na região. Em fevereiro de 2020, ele contratou uma garota de programa e houve briga após ela e uma travesti tentarem extorqui-lo.

VEJA + NO PHEENO TV

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!