Maquiador vence depressão como drag queen mas tem sonho interrompido: “Meu ex não aceitava”

Conversamos com o maquiador e fotógrago Salatiel no estúdio do Pheeno! Morador de Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, ele conta que a maquiagem entrou na sua vida por volta dos 10 anos, quando usou escondido o batom de sua irmã e gostou!

Salatiel relembra que, mais tarde, entrou em um quadro de depressão por conta de um relacionamento abusivo e a arte drag foi responsável por tirá-lo deste lugar obscuro, mas precisou parar por conta do namorado na época. Ainda assim, ele continou investindo na maquiagem artística e revela tem pouco apoio de seus amigos gays, que dizem: “Você é tão bonito, poque tira a barba pra isso?“.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!