OnlyFans volta atrás e desiste de proibir conteúdo sexualmente explícito

Menos de uma semana após anunciar que baniria a pornografia da plataforma, o OnlyFans se posicionou, nesta quarta (25/08), em sua conta oficial no Twitter, e voltou atrás na decisão e afirmou que vai continuar a permitir conteúdo sexualmente explícito.

Obtivemos as garantias necessárias para apoiar nossa comunidade diversificada de criadores e suspendemos a mudança de política planejada para 1º de outubro”, e completou: “OnlyFans significa inclusão e continuaremos a fornecer um lar para todos os criadores”, disse a empresa. A mudança ocorre após reações negativas dos usuários da plataforma, já que muitos utilizam a rede justamente para vender fotos e vídeos sexualmente explícitos.

A motivação para retirar o conteúdo explícito teria vindo de pedidos feitos por parceiros financeiros da empresa. Em entrevista ao jornal britânico “Financial Times” na última terça (24/08), o presidente-executivo da plataforma, Tim Stokely, alegou que os principais bancos cortariam laços com a companhia por temerem danos à imagem e reputação. Ainda não está claro o que mudou para que a empresa voltasse atrás. O que se sabe é que muitos questionaram a função da plataforma sem esse tipo de conteúdo.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!