Homem gay aplica mata-leão em homofóbico que chamou amiga trans de “viadi*ho” em SC

Um grupo de amigos LGBTQIA+ de Brasília foi alvo de ataques homofóbicos quando passeava por Balneário Camboriú (SC), na última segunda-feira (11/10). Em um vídeo registrado por eles, é possível ouvir o momento em que um homem não identificado grita: “Sai da frente, viadinho!”. Com informações do site Metrópoles.

Os amigos visitavam a cidade catarinense para comemorar o aniversário da drag Pikineia. Conforme a artista relata, ela e seus amigos andavam pelos arredores da roda gigante, ponto turístico da cidade catarinense, quando pararam para tirar uma foto. “Na hora que tirei a foto, a gente ouviu um homem gritando para sair da frente e falou: ‘Senão vou te dar um chute na bunda que vai parar na lua’”, contou ao portal. Pikineia disse ter ficado sem reação diante das ofensas. “Fiquei parada e observando o homem. Ele saiu pela passarela onde estávamos e foi xingando todo mundo. Homem, mulher, qualquer um que aparecesse.

Diante da insistência do ofensor, Gabriel Nunes, que é gay, decidiu questioná-lo. “Eu fui até ele, tirei satisfação e, mesmo assim, ele continuou xingando de viadinho”, lembrou. Um segundo vídeo divulgado pelo Metrópoles mostra o momento em que Gabriel aplica um “mata-leão” e imobiliza o rapaz no chão. “Nunca briguei na minha vida por nada, nunca sofri homofobia. Chorei horrores, mas sempre vou lutar contra a homofobia”, disse ele. “A viagem acabou ali. Não quis sair mais, com medo de acontecer algo de novo. Foi horrível” lamentou Pikineia.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!