Criadores de HQ com Superman bissexual recebem proteção policial após ameaças

O portal norte-americano TMZ, divulgou, nesta terça-feira (02/11), que os criadores da HQ “Superman: Son of Kal-El“, na qual o personagem do super-herói assume ser bissexual, estão recebendo proteção policial após se tornarem alvo de ameaças por conta da publicação.

De acordo com o site, “leitores de quadrinhos irritados expressaram grande descontentamento com a sexualidade do personagem” anunciada em outurbo, e foi necessário acionar o Departamento de Polícia de Los Angeles, na Califórnia, para atuar no caso. Agentes passaram a fazer rondas nas proximidades das casas de alguns membros da equipe e na sede da editora DC Comics, em Burbank, também na Califórnia. Conforme a publicação do portal, as ameaças não geraram nenhum tipo de ação concreta, mas os policiais ainda fazem a proteção por precaução, mesmo com a situação “aprentemente mais calma“.

No enredo do quadrinho, o filho do Super-Homem, Jonathan, terá um relacionamento com Jay Nakamura, um amigo e ativista hacker. No Brasil, a polêmica sobre o quadrinho também está rendendo. Após a divulgação do novo trabalho da DC, o jogador olímpico Maurício Souza postou conteúdos homofóbicos nas redes sociais contra a HQ. Como consequência, foi afastado do time Minas Tênis Clube.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!