Matheus Ribeiro deixa a Record TV e pode concorrer nas eleições de 2022: “Recebi alguns convites”

Matheus Ribeiro não é mais funcionário da Record. O âncora anunciou a sua saída da filiada da emissora no Distrito Federal depois de um ano e meio no comando do DF Record. Em 2019, Matheus ganhou o noticiário como o primeiro jornalista assumidamente gay a ocupar a bancada do Jornal Nacional, da TV Globo.

Queridos amigos, gostaria de compartilhar com vocês que estou de saída da Record TV. Nesse um ano e meio de casa, tive experiências que me enriqueceram muito profissional e pessoalmente. Como tudo na vida, ciclos se renovam, novos projetos surgem e mudanças são necessárias. Deixo meu abraço carinhoso a toda galera competente que me ajudou a fazer o DF Record e ao público. Vocês são incríveis. Em breve trago novidades”, escreveu Ribeiro em uma publicação no Instagram.

De acordo com o jornalista Erlan Bastos, o agora ex-Record negocia com o MDB (Movimento Democrático Brasileiro) para concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados. Matheus é filiado ao PSB desde março de 2020, porém tem sido sondado por outras siglas. “Recebi alguns convites, mas não há nenhuma decisão a respeito”, diz. Apesar da possibilidade, ele afirma que está focado em estudar e seguir com outros projetos em Goiânia, onde estará mais próximo da família e dos amigos. “A alegria é estar de volta à minha terrinha, porque eu sou goiano de pé rachado”, comemora.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!