Cantor de funk é confundido com hétero: “Falam que tenho que dar mais pinta, mas gosto de ser assim”

Conversamos com Matheus Moreno no estúdio do Pheeno! O carioca de 27 anos é cantor de funk que começou como dançarino e conta que sempre é confundido com hétero e acaba sendo desmotivado por produtores e empresários quando revela ser gay.

Ele, porém, não desanima e pretende volta a investir na carreira musical, interrompida pela pandemia. Apesar de ainda não conseguir viver disso, já gravou com Bonde das Maravilhas, com a DJ Jéssica Salty e participou do “Programa do Ratinho“! Matheus revela que sempre recebe comentários de que deveria dar mais pinta, mas ele confessa que gosta de ser mais masculino.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!