J.K. Rowling volta a ser criticada após novos comentários transfóbicos nas redes sociais

J.K. Rowling voltou a ser criticada após fazer novos comentários transfóbicos nas redes sociais. Desde 2020, a autora da série de livros “Harry Potter” é alvo de polêmica por série de publicações consideradas transfóbicas, sendo criticada por espectadores e estrelas da franquia.

No último domingo (12/12), Rowling compartilhou um texto publicado no “The Times” que citava que a polícia passará a registrar estupros cometidos por criminosos com genitais masculinos como “femininos” se esse for o gênero como o qual se identificam. “Guerra é paz. Liberdade é escravidão. Ignorância é força. O indivíduo com pênis que estuprou você é uma mulher“, escreveu a escritora na rede social ao compartilhar o post. A fala foi duramente criticada por fãs de “Harry Potter” e integrantes da comunidade LGBTQIA+, que consideraram as declarações transfóbicas.

Talvez sua resolução de ano novo devesse ser passar um ano sem tweetar sobre pessoas trans. Há tantos outros assuntos para tweetar. Escolha outra coisa para ficar obcecada“, escreveu um internauta. “Suas palavras terão um impacto devastador na juventude trans. Você devia se envergonhar“, escreveu uma seguidora, que dizia ter J.K. como heroína em sua infância. Apesar das diversas críticas e da recepção negativa da declaração, Rowling não apagou a publicação, que chega a mais de 90 mil curtidas e 14 mil comentários até a publicação desta matéria.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!