Enderson Cobra, do bordão ‘Receba esse shalom’, vai registrar os gêmeos como filhos: “Somos muito apegados”

Sucesso nas redes sociais ao lado dos primos Kaick e Kauã, de 13 anos, o agora influenciador digital Enderson Cobra se prepara para registrar os dois irmãos, rejeitados pelo pai ainda na gravidez de sua tia. Em recente entrevista ao jornal Extra, Cobra revelou que, de tão grudado com os primos, decidiu que iria adotá-los.

Thank you for reading this post, don't forget to subscribe!

Eles foram rejeitados pelo pai ainda na gravidez. Eu, pelo menos, tive uma figura paterna até meus 17 anos. Quero registrá-los no meu nome. Somos muito apegados, parecidos. Deixo eles serem como quiserem ser, mas os dois agem como pessoas LGBTQIAP+, adoram uma peruca, um enfeite de cabeça“, conta Enderson. O professor de dança que passou a sustentar com um salário mínimo a casinha simples onde vivem ele e a mãe, desde que o pai se afastou ao saber de sua homossexualidade, agora prospera com publicidades e eventos pelo Brasil.

Meu sonho é dar uma casa nova pra minha mãe. A gente tem um terreno aqui, mas a família é muito grande. Cada um pegou um pedacinho pra viver, é tudo apertado. Quando chove, ela coloca saco plástico no telhado, puxa água do chão. Isso me dói muito. E a minha tia, mãe dos gêmeos, tem mais cinco filhos, além dos dois. Todos sem pai presente“, detalha Enderson, que se prepara para lançar seu primeiro single, “Hit do shalonnn”. “É um brega funk que fala de acordar com boas energias, mesmo com as dificuldades da vida, e transmitir paz“, adianta.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!