Ministério da Saúde libera quarta dose da vacina contra Covid para imunossuprimidos

O Ministério da Saúde anunciou, nesta segunda-feira (20/12), que imunossuprimidos terão diretão a tomar uma quarta dose da vacina contra a Covid. A decisão se aplica a quem já tomou duas doses e mais uma de reforço. O novo prazo é de quatro meses a partir da aplicação da terceira dose.

A medida se estende a pessoas com imunodeficiência primária grave, HIV ou Aids, em quimioterapia contra câncer, a transplantados e em hemodiálise, entre outras doenças e condições clínicas. “Uma dose de reforço da vacina Covid-19 para todos os indivíduos imunocomprometidos acima de 18 anos de idade que receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma dose adicional), que deverá ser administrada a partir de 4 meses“, diz a nota técnica.

O objetivo é fortalecer a resposta imunológica desse grupo, que tem as defesas diminuídas em razão de doenças ou do uso de de determinados medicamentos. A medida também visa barrar o avanço da variante Ômicron. “O avanço da vacinação contra a COVID-19 no Brasil já permitiu alcançar notáveis ganhos em saúde pública, reduzindo de maneira significativa a ocorrência de casos graves e óbitos pela COVID-19“, diz outro trecho da nota.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!