Ariadna relembra participação no BBB e fala sobre presença de Linn: “Continuidade do que comecei lá atrás”

Primeira mulher trans a participar do “Big Brother Brasil“, Ariadna Arantes é só felicidade com a presença de Linn da Quebrada na 22ª edição do reality show. Com torcida declarada a Linn, Ariadna acredita em seu poder de representatividade e que isso pode trazer de volta às discussões que ela iniciou em 2011. 

Pode parecer que não para muitos, mas a imensidão do ‘BBB’ é um espelho para a sociedade. As pessoas terem oportunidade de ver que ali no meio tem a Linn da Quebrada sendo bem tratada, com respeito, será muito bom. É como se fosse a continuidade daquilo que comecei lá atrás“, disse a ex-BBB em conversa com o Yahoo.

Primeira eliminada da sua edição, Ariadna acabou julgada pelo público por não ter se apresentado como uma mulher trans no início do reality. “Sofri muito. O fato de eu ter sido eliminada foi exatamente isso, as pessoas até hoje me acusam de ter escondido que era uma mulher trans. E eu não escondi. Não tinha que contar nada. Simplesmente decidi deixar as coisas acontecerem de maneira natural”, explicou.

Quando você conhece uma pessoa, você não vai contar as suas coisas mais íntimas em um dia ou uma semana. Isso é um percurso. Com o tempo você vai contando sua vida, suas alegrias, tristezas e histórias. Naquela época, pensei um pouco em me preservar com medo do preconceito, da rejeição das pessoas dentro da casa. Mas também deixei as coisas irem no modo natural. As pessoas entenderam errado, não me deram tempo e fui eliminada“, desabafa.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!