Cantora Grimes estaria namorando com ativista trans famosa por vazar documentos militares

Grimes parece ter encontrado um novo amor após o término com o bilionário Elon Musk. A cantora estaria namorando Chelsea Manning, ativista transexual que ficou famosa por seu papel no vazamento de documentos militares no caso WikiLeaks.

“Elas estão ficando sério. Elas já até estão morando juntas”, informou uma fonte próxima às duas ao site Page Six. Até agora nada foi confirmado pela equipe das duas, mas dupla tem interagido bastante no Twitter nos últimos meses, com certas mensagens sugerindo seu relacionamento. Recentemente, a cantora afirmou que não pode participar de um vídeo ao vivo porque não estava em Los Angeles, onde morava. “Verdade“, respondeu Chelsea.

Em dezembro do ano passado, Grimes também chegou a fazer críticas à indústria musical e foi apoiada pela ativista. Nas últimas semanas, Chelsea curtiu diversos posts da artista, incluindo quando a cantora divulgou que era a capa da Vanity Fair e o anúncio de que teve sua segunda filha com Elon, mesmo após o primeiro término dos dois.

A ex-soldado dos EUA ganhou as manchetes no início de 2010 por vazar centenas de milhares de documentos para o WikiLeaks. Ela foi condenada a 35 anos de prisão depois de ser considerada culpada de 20 crimes, incluindo seis violações da Lei de Espionagem. Em janeiro de 2017, o presidente Barack Obama comutou a sentença de prisão restante de Chelsea depois que ela cumpriu sete anos e tentou suicídio várias vezes.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!