Projeto TransVida realizará mutirão para retificação do nome civil de pessoas trans no Rio de Janeiro

O projeto TransVida realizará um mutirão nesta quarta-feira (16/03), das 10h às 17h, para retificar o nome civil de pessoas trans em Duque de Caxias, na Baixada. A ação acontece no Centro de Cidadania LGBT da Baixada, localizado no terminal rodoviário da cidade.

O TransVida tem como foco a empregabilidade de pessoas trans. De acordo com os responsáveis pela iniciativa, uma das grandes barreiras que travestis e transexuais enfrentam é a documentação civil, já que muitos contratantes desistem dos candidatos por terem um nome não correspondente à identidade de gênero. “A burocracia existente e a não gratuidade são um grande empecilho. Estou falando de uma população que vive em subemprego, não tem recursos muitas vezes, e que tem que pagar pelas certidões. Para muitas pessoas pode parecer valores irrisórios, mas para as pessoas trans é significativo e muitas não têm como pagar“, ressalta a presidente da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), Keila Simpson, ao jornal O Povo.

Desde o final de 2021, o projeto vem atuando para encurtar o tempo de espera pela mudança do nome até a solução definitiva. No ano passado, 70 pessoas foram atendidas. A maioria já teve o processo concluído. A expectativa da ação é atender o dobro de pessoas em 2022. Ao longo de 2021, os mutirões foram realizados na sede da ONG, no Centro do Rio, de forma gratuita. Buscando democratizar ainda mais o acesso ao serviço, o TransVida iniciou em 2022 o mutirão itinerante. 

O TransVida foi criado e é coordenado pela advogada transexual Maria Eduarda Aguiar. Ela também é presidente do Grupo Pela Vida, ONG que também atua junto à população com HIV e Aids. Aguiar participou, ainda, da defesa da criminalização da homofobia e transfobia no Supremo Tribunal Federal.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!