Gil diz que não voltaria a participar do “BBB” por segurança: “Minha mãe foi ameaçada de morte”

Um dos preferidos da “Big Brother Brasil 21″Gil do Vigor afirmou que não toparia voltar a participar do reality show. O motivo, segundo o economista, seria um só: preocupação com a segurança de seus famíliares.

Antes de começar o BBB 22, eu disse que entraria. Só para ser claro: eu amo e vou ser apaixonado para sempre pelo programa, porém hoje eu estou assistindo com uma outra visão“, disse o ex-BBB em entrevista ao podcast Podpah. “Minha família foi muito atacada. Minha mãe foi ameaçada de morte. Um carro preto parou na frente da minha casa, e disseram: ‘Eu estou aqui na frente, eu vou matar vocês’, durante o meu cancelamento. Como eu estava dentro do programa, eu não vi. Então minha família contava e soava muito estranho. Mas hoje, acompanhando as redes sociais e vendo de novo, vendo as famílias tendo que se pronunciar e tal, eu falei: ‘Caramba, realmente’“, continuou.

Eu lembro do que minha família passou e falo não. Eles não merecem, sabe? Por mim eu entrava mesmo, porque vocês sabem que eu sou doido. Mas hoje eu penso na minha família. Eles já passaram por isso, e eu acho que eles não merecem passar de novo“, explicou Gil. Durante a entrevista, ele também acrescentou que poderia mudar de ideia no futuro. Porém, isso só aconteceria se os fãs do reality não levassem os acontecimentos do jogo para a vida real. 

As pessoas têm problemas. É um negócio muito sério. Se chegar o momento em que os torcedores separem jogo da vida real, julgar o jogo, na base do jogo, não atacar a família, não fazer essas coisas… para a família é apavorante. Minha mãe deu uma entrevista dizendo que era meu sonho e o pesadelo dela“, analisou ele.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!