Erika Hilton presta queixa após mulher ameaçar incendiar sua casa e seu corpo: “Traveco nojento”

A vereadora Erika Hilton (PSOL-SP) registrou um boletim de ocorrência e fez uma representação criminal contra uma pessoa que a ameaçou de morte. Na mensagem, a pessoa promete incendiar a casa e o corpo dela.

A ameaça teria sido feita de forma anônima, por e-mail, no último dia 22 de fevereiro. “Você nunca deveria nem ter sido parido de sua mãe”, diz o texto, divulgado pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha. Expressões de cunho transfóbicos, como “traveco nojento” também foram usadas para atacá-la. O perfil de uma mulher foi identificado como sendo o autor da mensagem, mas a polícia ainda não confirmou a identidade. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial da Polícia Civil. No boletim de ocorrência, Erika afirmou estar se sentindo “extremamente agredida, ofendida, ameaçada e com medo”.

Primeira mulher trans eleita vereadora, além de ter sido a mulher mais votada em todo o país para o cargo em 2020, Erika enfrenta ameaças constantemente. Nas redes sociais, a vereadora compartilhou a notícia e relatou que, desde o início do mandato, as ameaças e agressões são constantes. “Minha vida mudou completamente. Não posso mais receber amigos em casa, não posso ir ao mercado sozinha, estou sempre acompanhada por seguranças”, contou. “Meus agressores acham que vão me parar, mas apesar do medo, natural diante da rotina de ameaças, eles estão enganados. Seguirei firme, me cuidando, mas aprofundando o trabalho políticos que começamos“.

Outros casos de ameaças e ataques à parlamentar também estão sendo investigados, alguns deles correm sob sigilo. Em janeiro de 2021, um homem invadiu o gabinete de Erika na Câmara. Segundo o que foi relatado à polícia, o rapaz portava uma bandeira e usava máscaras com símbolos religiosos. Aos assessores, ele se apresentou como “garçom reaça” e disse ser uma das pessoas que estão sendo processadas pela vereadora. A vereadora registrou um boletim de ocorrência por ameaça após ser perseguida por ele na casa.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!