Ator e cantor com vitiligo afirma: “A aceitação da condição me ajudou a aceitar minha sexualidade”

Conversamos com Giovanni Ferreira no estúdio do Pheeno! O ator e cantor de 29 anos tem vitiligo, mas revela que isso nunca foi uma questão para ele, pois sua mãe também tinha: “Cresci não tendo vergonha disso”. Sua primeira mancha apareceu aos 17 anos e ele conta que a aceitação do vitiligo acabou ajudando na aceitação da sua sexualidade. Giovanni sempre foi apaixonado por arte e música, acredita que a indústria está caminhando, mas ainda enfrenta dificuldades: “Não é fácil para qualquer artista independente, ainda mais LGBTQ+ fora do padrão”.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!