Sasha Colby dispara shade contra George Santos e chama brasileiro de “amargo”: “Causa perdida”

The library is open, e a vencedora da 15ª temporada de “RuPaul’s Drag Race“, Sasha Colby, está prontíssima para jogar shade em políticos conservadores.

Durante uma das mais recentes exibições do programa estadunidense “The Daily Show“, apresentado pela ex-jurada convidada de “Drag Race“, Dulce Sloan, Colby, que é a segunda vencedora trans no palco principal do reality show, ofereceu algumas reflexões sobre por que os EUA viram um recente aumento de legisladores cis masculinos visando artistas drag e trans em lugares como Tennessee e Flórida.

Depois de discutir como os homens cis gostam de controlar os corpos de outras pessoas, Colby também observou que há mais ataques a mulheres trans do que a homens trans, já que os homens cis tendem a objetificar as mulheres trans da mesma forma.

Uma vez que eles objetificam você e você está vivendo sua verdade, eles ficam tão bravos porque um, eles ficam com ciúmes por não estarem vivendo sua verdade”, disse ela. “E dois, eles questionam: ‘Por que eu gosto disso?’ Para todos eles, acho que eles só querem se montar como drag queens, ou provavelmente se vestiram de drag queen e ficaram horríveis. George Santos?”, disparou a winner.

Quando a presentadora concordou que Santos provavelmente seria uma pessoa “amarga” porque não ficar bem montado, Colby acrescentou que o brasileiro era “uma meleca amarga”. “Ela não conseguiu encontrar uma mãe drag”, brincou a aritsta sobre Santos, que já havia sido acusado de ser a drag performer Kitara Ravache. “Eles disseram: ‘Não, causa perdida. Ligue para a polícia’”.

Assista à entrevista completa em inglês

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!