Essas duas vítimas famosas do naufrágio do Titanic eram secretamente amantes gays?!

Archibald Butt e Francis Davis Millet, duas vítimas do naufrágio do Titanic, em 1912, podem ter tido um relacionamento homoafetivo, dizem os historiadores.

Butt era um assessor presidencial que trabalhou para os ex-presidentes dos EUA Theodore Roosevelt e William Howard Taft. Já Millet foi um célebre pintor clássico conhecido especialmente por seus murais. Embora os dois nunca tenham revelado a natureza de seu relacionamento, eles viveram juntos em uma mansão em Washington e viajaram pela Europa como um casal nas semanas que antecederam o desastre do Titanic.

O historiador britânico Richard Davenport-Hines escreveu, em 2012, que “a parceria duradoura de Butt e Millet foi um dos primeiros casos do chamado ‘Don’t ask, Don’t tell’ [a proibição ao ingresso ou permanência nas Forças Armadas de pessoas declaradamente homossexuais]“, enquanto o National Park Service observa em seu site que “os dois eram companheiros íntimos… acredita-se que estiveram romanticamente envolvidos um com o outro.”

Millet, que se casou e teve filhos, mas viveu longe de sua esposa, já teve um caso amoroso com o escritor Charles Warren Stoddard, fato confirmado por cartas de amor trocadas entre eles. Butt nunca se casou e os frequentes rumores de que em breve anunciaria seu noivado com uma mulher nunca se concretizaram. Em suas cartas, Butt se referia a Millet como “meu amigo artista que mora comigo“.

Antes de suas mortes, os dois passaram um tempo juntos na Europa. De acordo com o The Washington Post, eles dividiram uma cabine no navio Berlin durante sua viagem ao exterior. Em sua trágica viagem de volta a bordo do Titanic, no entanto, os homens ficaram em quartos separados. Millet enviou uma carta do Titanic enquanto estava parado na Irlanda, na qual reclamava de “várias mulheres americanas desagradáveis ​​​​e ostentosas” a bordo com ele.

Millet e Butt, 63 e 46 respectivamente, morreram durante o naufrágio do Titanic em 15 de abril de 1912. Testemunhas oculares relataram ter visto Butt ao lado do magnata americano John Jacob Astor enquanto o navio afundava. Enquanto os restos mortais de Millet foram recuperados e enterrados em Massachusetts, o corpo de Butt nunca foi encontrado.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!