Madonna estipula regras e proíbe uso de hologramas para recriar sua imagem pós-morte

Os fãs de Madonna ficaram abalados com a notícia da súbita hospitalização da artista no mês passado. Fontes revelaram que a Rainha do Pop havia desenvolvido uma “grave infecção bacteriana que levou a uma internação de vários dias na UTI“.  Após receber alta, a cantora estabeleceu regras estritas de como o seu legado e sua fortuna de US$ 850 milhões, aproximadamente R$ 4 bilhões, devem ser administrados depois que ela morrer.

De acordo com o jornal britânico The Sun, a artista se reuniu com time de advogados para deliberar detalhes do seu testamento e incluiu o debate sobre reprodução simulada pós-morte. “A turnê de Whitney Houston com uso de hologramas foi criticada, e Madonna se recusa a permitir que executivos famintos por dinheiro façam o mesmo. Ela passou sua vida toda dando ordens e mantendo sua relevância cultural. Não há chance de ela deixar todo o seu trabalho ser manchado“, afirmou uma fonte ouvida pela publicação.

A fonte ligada à artista disse também que Madonna teria decidido separar seus fundos e os direitos de suas músicas igualmente entre seus seis filhos – Lourdes (26 anos), Rocoo (22 anos), David (17 anos), Mercy (16 anos) e as gêmeas Estere e Stelle (10 anos) – no intuito de não gerar futuras tensões entre os irmãos. Procurados, os representantes oficiais de Madonna não responderam aos questionamentos do The Sun sobre os relatos da fonte.

VEJA + NO PHEENO TV

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!