Leonardo Miggiorin rejeita rótulo de bissexual e esclarece: “Sou gay desde que nasci”

No ar na reprise de “Mulheres Apaixonadas”, na Rede Globo, Leonardo Miggiorin já havia se declarado bissexual anteriormente, mas voltou atrás. O ator, que namora com o diretor comercial e produtor João Victor Amado, explicou a razão da decisão de se reconhecer como homem gay.

Não quero ficar a cada entrevista mudando de letra. E estou, sim, disposto a dizer que sou gay e está tudo certo. É esse o meu posicionamento e a minha experiência agora. E não tenho nada a esclarecer, porque não acho necessário. Mas sou gay. Sou gay desde que nasci, desde pequeno, desde que comecei a me entender como pessoa”, afirmou ele, em entrevista ao Gshow. “Acho que os rótulos são limitantes e geram uma polêmica desnecessária. Já tive experiências com homens e com mulheres, e a minha conversa com meus pais foi essa desde o início. Não estou preocupado com qual prateleira vão me colocar, mas parece que a gente precisa se encaixar, né?“, continua o ator.

“Então, preciso me limitar, porque pode acontecer uma enxurrada de comentários a partir disso. E se eu namoro um homem hoje, sou gay“, explicou Miggiorin. Apesar de ter um relacionamento sério há três anos e meio, o artista só tornou a relação pública em maio deste ano. “Com as redes sociais, a comunicação se ampliou e vai ampliar ainda mais. E, com isso, é preciso que você seja mais verdadeiro. Até então, era como se eu tivesse me anulado a ponto de não poder incluir alguns aspectos da minha história”, pontuou.

Na sequência, Miggiorin relatou a dificuldade enfrentada por medo de mostrar quem realmente é. “Dos meus 20 anos para hoje, tenho um certo pesar porque deixei de construir muitos vínculos com medo de expor minha intimidade. Como você cria uma amizade, se não expõe a troca de experiências e vivências?”, refletiu. “Já passei por situações de estar conversando com alguém, de ouvir coisas íntimas do outro, e não conseguir contar das minhas coisas. E olha quantas chances perdi, ao longo da minha vida, por não me autorizar a me abrir”.

Meu maior medo era de ser aniquilado, de ser rejeitado e não pertencer a nenhum grupo. E, hoje, sei que não estou sozinho. Sempre tive essa certeza dentro de casa e, para além da minha família, posso expandir minhas relações“, diz o ator, que finaliza: “Estou me sentindo mais leve. Posso sorrir, ser livre.

VEJA + NO PHEENO TV

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!