Lutador de MMA hétero diz que faz programa com homens: “amo pink money”

O lutador de MMA Allan Guerra Passos (42), em entrevista ao podcast de Francis Simas, afirmou que faz programas com homens e disse que o que dá dinheiro a ele é o público LGBT. Passos, além de lutador, é produtor de conteúdo adulto em diversas plataformas, e afirma que por ser somente ativo com homens e fazer por dinheiro, é heterossexual.

“Meu público é 95% LGBT, porque eles querem um homem ativo, hétero, cisgênero, que pegue mulher e aí de vez em quando pegue homem, o casal. O que me dá dinheiro é casal, o povo fala que é o pink money, e realmente, quando me divulgava só como lutador, o público não me dava dinheiro, quem me banca é o LGBT”, diz o lutador que já entrou no ringue com uma bandeira do arco-íris.

Perguntado sobre ele atender casais e ser só ativo, como ele teria tesão em ter o “saco batendo na bunda do cara”, ele responde: “Eu não vejo, nem olho, eu fiz um trabalho mental, passei por um coach pra pegar uns gatilhos, pra poder ter excitação na hora H. Querendo ou não, eu não tenho tesão em homem, eu gosto de mulher, mas a comunidade LGBT quer ver o hétero metendo”.

A masculinidade frágil do lutador ainda expõe preconceito com gays estereotipando sua sexualidade ao afirmar que gays só gostam de homens másculos e “héteros”: “o homem hétero pode ser passivo, gostar de dedada também”, filosofa o lutador que completa: “eu poderia ser um homem hétero cisgênero gay”, confundindo ainda mais sua compreensão sobre si mesmo.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Bee 40tona

Você vai curtir!