Travesti é presa suspeita de aplicar golpe de R$ 350 mil usando nome de Yasmin Brunet

Uma travesti foi presa preventivamente nesta quinta-feira (21/12) em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, suspeita de se passar por assessora da modelo Yasmin Brunet e aplicar um golpe de mais de R$ 350 mil, informou a Polícia Civil. A modelo já havia denunciado os golpes na web. 

Em conversa com o G1, o delegado Ícaro Malveira relatou que a suspeita, identificada apenas como Dionatan Hobs, induzia as vítimas a realizarem diversas transferências bancárias, que chegaram a R$ 350 mil, e prometia que a filha de Luiza Brunet faria publicidade para elas. E não ficou por aí, Hobs também teria ameaçado divulgar conteúdos íntimos da vítima, já que ficou com as senhas das redes dela: “A vítima também alegou que enviou uns vídeos íntimos à suspeita, pois teria sido induzida nesse sentido”.

Segundo a corporação, a Justiça autorizou o bloqueio das contas da investigada e da mãe dela. No Instagram, o perfil da travesti é fechado, mas há outras contas abertas para denunciar os golpes dela. Após a prisão, Hobs foi levada para o Complexo Prisional do Vale do Itajaí, em Itajaí, na mesma região.

Ao G1 SC, a defesa da acusada disse que o processo corre em sigilo e não há nada a declarar no momento. Já a verdadeira assessoria da modelo e influenciadora disse que foi informada pela polícia da prisão, mas também optou por não se manifestar.

VEJA + NO PHEENO TV

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!