Primeira Marsha Trans do Brasil é realizada em Brasília; confira detalhes

Brasília recebe em 28 de janeiro a Marsha Trans Brasil. Em sua primeira edição, a mobilização reforça a luta por direitos e celebra os 20 anos do Dia da Visibilidade Trans no Brasil, celebrada em 29 de janeiro. A Marsha, grafada desta forma em homenagem à referência trans global Marsha P. Johnson, convoca pessoas trans e travestis, a comunidade LGBTQIA+, além de pessoas aliadas para ocupar as vias do centro do poder do Brasil. A concentração começa às 13h, em frente ao Congresso Nacional e segue em cortejo até a altura do Museu Nacional da República.

Organizada pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), a Marsha Trans Brasil conta o Instituto Brasileiro de Transmasculinidade e mais de 40 instituições apoiadoras, e pretende mobilizar a maior ocupação feita por pessoas trans e travestis do País já feita em Brasília. “Nossa busca é por um futuro cada vez mais possível, onde a visibilidade trans não seja apenas um lembrete anual, mas uma realidade diária”, reforça Bruna Benevides, secretária de articulação política da entidade.

Nesta primeira edição, a mobilização tem como madrinhas Erika Hilton e Duda Salabert, primeiras deputadas federais trans do Brasil. “Precisamos destacar a nossa luta na política institucional brasileira e nossas deputadas trans representam um marco histórico para o futuro da nossa população, mostrando que a luta incansável pela igualdade de direitos pode levar a conquistas significativas”, avalia a entidade.

Para a Antra, a visibilidade trans nacional é um marco histórico iniciado em 2004, resultado da atuação da entidade junto ao Programa Nacional de DST/AIDS da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, hoje, Departamento de HIV/AIDS, Tuberculose, Hepatites virais e infeções sexualmente transmissíveis da Secretaria de vigilância em Saúde e ambiente do Ministério da Saúde, quando nasceu a primeira campanha pelos direitos trans e travestis, intitulada “Travestis e Respeito”. “Hoje, reafirmamos nossas demandas, conscientes de que a luta por igualdade, respeito e dignidade ainda está longe do fim”, pontua Bruna. 

VEJA + NO PHEENO TV

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!