Jovem é queimado com óleo quente em ataque homofóbico no Ceará; suspeito segue foragido

Um incidente chocante ocorreu no município de Ocara, no Vale do Jaguaribe do Ceará, onde um jovem de 21 anos, Miguel Átila dos Santos, foi gravemente queimado com óleo quente por seu vizinho adolescente de 17 anos, durante a tarde deste sábado (06/07). Até a manhã desta segunda-feira (08/07), o adolescente suspeito permanece em fuga.

De acordo com relatos dos familiares, o ataque brutal aconteceu após uma discussão entre Miguel e a tia do agressor. Miguel afirmou ter sido vítima de um ato de homofobia. Após o conflito, o adolescente aqueceu óleo em sua casa e foi até a residência de Miguel, tentando chamá-lo para uma conversa. Quando Miguel se recusou a sair, o adolescente invadiu sua casa e jogou o óleo quente, resultando em queimaduras sérias no rosto, braços e peito da vítima.

“Eu fui vítima de homofobia. Eu fui agredido dentro de minha própria residência. O óleo quente me atingiu o meu rosto, meus braços, meu ombro e minhas costas. Foi meu vizinho de 17 anos. Eu quero justiça”, lamentou Miguel ao G1. Ele está sendo tratado no setor de queimados do Hospital Instituto Doutor Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, com queimaduras de segundo e terceiro graus.

A Secretaria da Segurança Pública está investigando o incidente como um caso de homicídio doloso.  “Uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada e colheu informações que subsidiarão a apuração policial. O caso é investigado pela Delegacia Municipal de Ocara, unidade da Polícia Civil que instaurou um procedimento no intuito de elucidar a ocorrência”, diz a nota da pasta.

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!