“Vou te amar sempre amor”, escreve mãe de jovem morto por homofobia em Goiás

A feirante Ismenia Cancillieri, mãe de João Antonio Donati, morto aos 18 anos, usou sua página no Facebook para prestar a última homenagem ao filho. “Vou te amar sempre amor”, escreveu na legenda da imagem beijando João. Ela trocou sua foto de perfil para dar espaço a palavra luto.

Jovem assassinado em Goiás foi estrangulado e teve as duas pernas quebradas

João foi assassinado e teve o corpo encontrado em um terreno baldio em Inhumas, interior de Goiás. João era gay e a suspeita é que o crime tenha cunho homofóbico! Dentro de sua boca, foi colocado um papel escrito “vamos acabar com essa raça maldita de demônios (gays)”.

Segundo o delegado Humberto Teófilo, responsável pelo caso, a polícia vai “averiguar para saber se o crime tem ligação com sentimentos negativos em relação a pessoas homossexuais”.

Tanto na página de Ismenia quanto de João no Facebook, dezenas de mensagens de força e indignação foram publicadas por internautas de todo o mundo. Em São Paulo, um ato público em homenagem a João e a favor da criminalização da homofobia irá acontecer no sábado (13/09), no Largo do Arouche, e já tem mais de 700 pessoas confirmadas no evento do Facebook!

Thiago Araujo é editor-chefe do Pheeno! Formado em jornalismo pela UFRJ, o carioca de 27 anos comanda projetos em comunicação para diversos clientes em seu escritório no Rio, principalmente no ramo do entretenimento. Além disso, ainda é DJ de música pop, viajando o Brasil em eventos onde o agito é palavra de ordem!