Fifa multa federações de seis países por cantos homofóbicos de torcedores

torcida-argentinajpg_610x340

A Fifa anunciou nesta quarta-feira (13/01) que multará as federações de Argentina, Chile, Honduras, México, Peru e Uruguai por cantos homofóbicos de seus torcedores em partidas das eliminatórias para a Copa do Mundo e 2018, na Rússia.

As sanções divulgadas no site oficial da entidade englobam multas financeiras. A multa mais pesada será para o Chile, no valor de 70 mil francos suíços (R$ 277 mil), por cantos homofóbicos de seus torcedores nos quatro jogos disputados pela sua seleção nas eliminatórias -incluindo a vitória por 2 a 0 sobre o Brasil, em outubro de 2015, em Santiago. As canções violam o Artigo 67 do Código Disciplinar da Fifa.

Já Argentina, México, Peru e Uruguai sofrerão uma baixa de quase R$ 80 mil em seus cofres. O processo contra a Federação Hondurenha ainda está em andamento. Claudio Sulser, presidente do Comitê Disciplinar da Fifa, ressaltou a participação da entidade na luta contra o preconceito, mesmo sabendo das dificuldades.

“Com o novo sistema de monitoramento da Fifa nas Eliminatórias, o Comitê Disciplinar tem um suporte adicional graças aos relatórios detalhados dos jogos fornecidos por observadores anti-discriminação. Mas procedimentos disciplinares não podem mudar sozinhos o comportamento de certos grupos de fãs que, infelizmente, vão contra os valores do nosso jogo”, declarou Sulser.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!