Mulher é presa suspeita de matar jovem gay com golpes de violão na cabeça

jovem-crime-pheeno-capa

Uma mulher de 40 anos foi presa na manhã desta segunda-feira (7) suspeita de matar um homossexual em São José dos Campos. Além dela, o marido e um outro rapaz foram detidos suspeito de envolvimento no crime.

O assassinato, segundo o portal G1, ocorreu no final de outubro, quando o corpo do jovem William Mateus, de 20 anos, foi encontrado em uma estrada na zona rural da cidade. De acordo com a Polícia Civil, a mulher alega ter usado um violão para golpear a vítima até a morte. Em depoimento, a mulher contou que William teria ido a casa deles sob o uso de drogas, tirado a roupa e mostrado as partes íntimas para a mãe dela.

Após a ação, ela teria golpeado a cabeça da vítima com um violão até a morte e desovado o corpo com o companheiro na zona rural. O esposo, de 40 anos, e um outro jovem foram detidos suspeitos de envolvimento no crime.

Willian foi encontrado junto ao objeto usado para o crime na estrada do bairro Caetê, na Zona Norte da cidade, em 25 de outubro. A polícia chegou a considerar a possibilidade de crime de ódio pela opção sexual do rapaz; ele foi encontrado com roupas femininas.

A Polícia Civil informou que apura a participação do marido e do rapaz para fazer o pedido de prisão. Eles foram liberados após prestarem esclarecimentos. A mulher permanece presa.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!