Márcio Kieling comemora personagem gay em Sol Nascente, mas lamenta: “Não vai ter beijo”

marcio-keiling

Márcio Kieling é um dos destaques de “Sol Nascente” vivendo o personagem Bernardo, que se revelou gay. Em entrevista à revista Época, o ator, que marca seu retorno a Globo após 16 anos, comemorou viver um galã-gay.

“Sinto que o meu personagem, o Bernardo, me caiu feito uma luva. Eu sofro com o rótulo de galã. E este daqui é um galã gay, charmoso, bem vestido, então acho que melhorei um pouco nesse sentido. É bom para mim”, comemora o ator, que lamentou por não ter cena de beijo gay. “Não vai ter cena de beijo, por causa do horário. As mulheres ficaram um pouco decepcionadas, mas a legião LGBT está amando, vejo pelas redes sociais”.

Porém, Kieling agradeceu a oportunidade de viver um galã-gay. “Mas o que eu queria mesmo era um personagem que me descaracterizasse: um presidiário com brinco, cabelo raspado. Não tenho vaidade, quero qualquer coisa fora do bonitão”, afirma ele, que até hoje é associado ao Perereca, papel que viveu em Malhação, há 17 anos. “Tem personagem que ninguém lembra. A gente quer sempre deixar uma marca”, diz.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!