Cinema cancela exibição de ‘A Bela e a Fera’ por conta de personagem gay

A notícia de que “A Bela e a Fera” parece não ter agradado os donos do cinema Henagar Drive-In, no Alabama. Tanto que cancelaram nesta sexta-feira (03/03) que cancelaram a exibição do longa que estreia no próximo dia 17, nos Estados Unidos.

Em nota publicada nas redes sociais, os novos donos do estabelecimento justificaram que “se não pudermos levar nossa neta de 11 anos e nosso neto de 8 para assistir a um filme, não temos interesse em vê-lo. Se não pudermos assistir a um filme com Deus ou Jesus sentados ao nosso lado, não temos interesse em exibi-lo”.

No texto, eles admitiram que a decisão causaria polêmica: “Eu sei que algumas pessoas não vão concordar com essa decisão. Tudo bem… Nós continuaremos exibindo filmes familiares, então sinta-se à vontade para assistir a vários deles sem se preocupar com cenas de sexo, nudez, homossexualidade e linguagem chula”.

A revelação de que “A Bela e a Fera” terá uma subtrama gay, algo inédito em produções da Disney, foi feita pelo diretor do filme, Bill Condon numa entrevista para a revista “Attitude”. Segundo ele, Gastón, interpretado por Luke Evans, terá um admirador, seu criado LeFou (Josh Gad), vivendo um momento de descoberta da sexualidade.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!