Filho trans de candidato ao governo do Rio pede afastamento do trabalho por medo de bullying

Segundo informações da colunista Mônica Caruso, do jornal O Globo, Erick Witzel, filho do juiz Wilson Witzel, candidato ao Governo do Estado do Rio de Janeiro pelo PSC, pediu afastamento do trabalho até o fim das eleições.

Transexual, o jovem de 24 anos trabalha como cozinheiro do Fasano Al Mare, em Ipanema, Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo a publicação, o motivo para a falta no trabalho seria o receio de sofrer bullying dos colegas.

Filho mais velho do político que disputa o segundo turno junto com Eduardo Paes (DEM), Erick ganhou destaque na mídia após fazer um desabafo em seu Instagram, lamentando o resultado da votação do primeiro turno.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!