Primeiro senador gay a se eleger tira a vaga de Magno Malta, aliado de Bolsonaro

O Brasil acaba de eleger seu primeiro senador assumidamente homossexual: Fabiano Contarato, da Rede. Professor, ativista dos direitos humanos e ex-delegado da Polícia Civil, o senador se elegeu pelo estado do Espírito Santo com 1.117.036 votos, o que equivale a 31,15% do total.

Casado e pai de duas crianças, Contarato, com sua expressiva votação, acabou tirando a vaga do candidato à reeleição Magno Malta (PR), aliado de Jair Bolsonaro (PSL), que chegou a ser cogitado para ser vice do capitão da reserva, e que é conhecido por suas posições conservadoras e contra os direitos da população LGBTI.

“Eu vou honrar o número de votos. Vou ser o senador que vai representar o Espírito Santo para reduzir a desigualdade social. Vou fazer cumprir o que está na Constituição”, afirmou o político em entrevista logo após o término da apuração. Nas redes sociais, internautas comemoraram a eleição de Contarato e a derrota de Magno Malta.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!