Rafa Villella, backing vocal da Luisa Sonsa, posta foto contra censura trans

Censura NÃO, trans SIM!

A cantora Rafa Villella, que também trabalha como backing vocal da Luisa Sonsa, postou nessa terça-feira, dia 20/08, em seu perfil pessoal no Instagram, uma foto na qual ela aparece com os seios de fora, com uma tarja escrito “censored” (censurado, em inglês).

Rafa começou a cantar, ainda quando criança, na igreja evangélica na qual o próprio pai é pastor e a mãe é regente de coral. Enquanto mulher trans evangélica, a artista se afastou da sua religião, por causa de preconceito, quando fez a transição sexual há cerca de 7 anos, “realmente eu rompi todos os laços com a igreja, mas não da fé”, desabafa Rafa.

A artista, que teve que sair de casa após sua transição e acabou entrando na vida da prostituição, teve uma grande reviravolta em sua vida, quando foi convidada a trabalhar como backing vocal da Pabllo Vittar. Atualmente, além de cantora também é produtora vocal e ativista da causa trans e, mesmo tendo uma vida estável, tanto emocional, como familiar e profissional, ainda sofre muito preconceito por ser mulher trans.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos, designer gráfico, editor de vídeos, dono de concursos drag e o mais novo colaborador para conteúdos sobre diversidade LGBTQIA+ para o portal Pheeno.com.br