Bolsonaro ataca jornalistas: “Você tem uma cara de homossexual terrível”

O presidente Jair Bolsonaro atacou jornalistas nesta manhã de sexta-feira (20/12), na porta do Palácio da Alvorada, ao ser indagado sobre as investigações de “rachadinha” no gabinete de seu filho Flávio quando este era deputado estadual, cargo que ocupou entre 2003 e 2018.

“Você tem uma cara de homossexual terrível. Nem por isso eu te acuso de ser homossexual. Se bem que não é crime ser homossexual”, disse Bolsonaro ao ser questionado por um repórter do jornal O Globo sobre o que faria se o filho dele tivesse cometido algum deslize. Ao ser questionado sobre o cheque recebido pela primeira-dama Michelle Bolsonaro pelo ex-assessor de seu filho, Fabrício Queiroz, no valor de R$ 24 mil, o presidente disse se tratar de um pagamento de empréstimo que ele havia feito. Queiroz é investigado em um possível esquema de “rachadinha” no gabinete do filho mais velho do presidente.

“Pergunta para a tua mãe o comprovante que ela deu pro teu pai, está certo? Querem comprovante de tudo”, disse o presidente. “Você tem nota fiscal desse relógio que está contigo nesse teu braço? Não tem. Não tem. Você tem nota fiscal do seu sapato? Não tem. Você tem do seu carro, talvez nem tenha nota fiscal, mas tem o documento. Tudo tem que ter nota fiscal, comprovante?”, concluiu.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!