Jovem gay é morto e comido após encontro com canibal pelo Grindr

Um cabeleireiro de 25 anos foi morto por um homem que ele conheceu através do Grindr, no Estado de Michigan, EUA. Kevin Bacon foi encontrado morto, amarrado pelos tornozelos na viga de uma casa e completamente nu. Segundo o New York Post, o suspeito de matar Kevin Bacon é Mark Latunski, de 50 anos.

O crime aconteceu na véspera do último natal. De acordo com a publicação, a família da vítima ficou preocupada quando Kevin não apareceu no café da manhã e acionaram as autoridades. Os investigadores encontraram o carro de Bacon em um estacionamento e, após rastrearam o último local que o veículo esteve, chegaram até a casa de Latunski.

Dentro da casa, a polícia encontrou o corpo de Bacon pendurado com uma corda amarrada nos tornozelos. Latunski disse à polícia que matou Kevin esfaqueando-o nas costas e cortando a garganta. Ele ainda revelou ter arrancado os testículos do jovem e comido. O criminoso agora é acusado de assassinato e mutilação de corpo humano. Sua pena ainda não foi definida.

O ator Kevin Bacon, 61 anos, publicou no Instagram as condolências aos amigos e familiares da vítima, com quem ele compartilhou o mesmo nome. “Por razões óbvias, estou pensando hoje de manhã nos amigos e na família desse jovem Kevin Bacon”, escreveu o ator. “A vida dele foi tirada muito cedo. A paixão dele era fazer penteados de cabelo. Aposto que ele teria feito um ótimo trabalho nessa bagunça na minha cabeça. RIP KB”, acrescentou.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!