Wendy Williams se desculpa por dizer ao vivo que “homens não devem usar saia e salto”

Wendy Williams publicou um vídeo com pedido de desculpas para a comunidade LGBTQ, um dia depois de afirmar ao-vivo que “homens deveriam para de usar saias”.

“Começo dizendo que peço desculpas. Não quis ofender minha comunidade LGBTQ + no programa de ontem. Eu não percebi até chegar em casa e assisti a segunda exibição do nosso show aqui em Nova York”, disse ela. “Uma coisa que posso lhe dizer agora é que não tive malícia. Eu não quis magoar os sentimentos de ninguém. Estava apenas conversando”.

“Se você me conhece por tempo suficiente, então você sabe, [indeterminável], eu nem sei o que isso significa, mas soa fabuloso, na minha mente significa viver e deixar viver, e eu vivo e deixo viver todos os dias, a vida é muito curta”, continuou. “Tenho 55 anos e talvez parecesse sua tia, sua mãe ou alguém sem noção. Tenho noção, exceto talvez ontem dizendo o que disse. Então peço desculpas e agradeço profundamente o apoio que recebo da comunidade. Eu farei melhor. Agradeço por me apoiar. Obrigado”, finalizou.

Na ocasião, Wendy perguntou à platéia se alguém entre eles estava participando do “Dia de Galentine”, o feriado não oficial e centrado na amizade feminina que ocorre em 13 de fevereiro. Depois de alguns aplausos, Williams disse: “Bem, primeiro, se você é homem e está batendo palmas, você nem faz parte disso… Eu não me importo se você é gay. Você não menstrua a cada 28 dias”.

“Você pode fazer muito do que fazemos, mas fico ofendida com a ideia de passarmos por algo que você nunca passará. E pare de usar nossas saias e saltos”, continuou. “Gay, você nunca será a mulher que somos. Não importa o quão gay, senhor”, acrescentou ela, dirigindo-se a um membro da platéia. Os comentários rapidamente provocaram reação online, o que fez com que a americana corresse para as suas redes sociais se desculpar.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!