Boate LGBTQ+ peruana reabre como supermercado administrado por drag queens; veja fotos

Foto: Ernesto Benavides/AFP

Uma famosa boate LGBTQ+ em Lima, capital do Peru, reabriu suas portas hoje após mais de 100 dias sem atividades, agora transformada em um pequeno supermercado administrado por drag queens.

“Estamos abrindo as portas com grande entusiasmo. Para nós, foi um grande desafio, foi uma jornada difícil, mas conseguimos”, disse ao G1, Claudia Achuy, gerente da boate “Valetodo Downtown”, localizada no distrito turístico de Miraflores, no sul da capital peruana. Batizado de “Downtown Market”, a nova empreitada colocou drag queens para administrar o negócio local e no lugar de pista de dança, o espaço abriga prateleiras com comidas, bebidas e verduras, e um DJ que toca as músicas que os clientes pedem enquanto fazem compras. Que tudo, né gente?!

Além disso, funcionários como garçons e gerentes do bar foram convertidos em caixas do supermercado, que mantêm suas tradicionais cores preto e vermelho e com as recepcionistas, que usam máscaras para atender os clientes. Após a autorização do Ministério da Saúde, as instalações puderam reabrir após mais de 100 dias de fechamento. “Esperamos que este novo empreendimento dê certo”, disse Achuy a repórteres que participaram da inauguração.

Foto: Ernesto Benavides/AFP

O dono do local conta que a iniciativa foi tomada para impedir que seus 120 funcionários ficassem desempregados, em um país com a economia paralisada por causa do longo período de confinamento e no qual quase dois milhões perderam o emprego. Como forma de prevenção, o supermercado possui um sistema de desinfecção automatizado para que clientes e alimentos estejam livres do coronavírus.

Com 33 milhões de habitantes, o Peru é o segundo país na América Latina com o maior número de casos da Covid-19 (282.365) depois do Brasil, e o terceiro em mortes (9.504), atrás do Brasil e México.

Foto: Ernesto Benavides/AFP
Foto: Ernesto Benavides/AFP
Foto: Ernesto Benavides/AFP

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!