Pastor cuja igreja prega contra homossexualidade é preso por apertar pênis de homem!

Esta semana, o líder de uma igreja em Seymour, Indiana, que prega contra a comunidade LGBT, dizendo que ser gay é um pecado, foi preso por supostamente se aproximar de um homem de 27 anos e ter apertando os seus órgãos genitais, pedindo para praticar sexo oral. O caso aconteceu no estacionamento de um parque local.

O homem teria dito ao pastor que ele estava “latindo para a árvore errada”, e que não curtia homens. Sentindo-se assediado, ele resolveu retirar a placa do carro do pastor e chamou a polícia. Gaylard Williams, de 59 anos, disse à polícia que estava na área à procura de um amigo que vai ao lago do parque para pescar, de acordo com site de notícias WLKY. Pornografia Gay também foi encontrada mais tarde dentro do carro do pastor. Williams disse à polícia que a pornografia não era dele, e que ele estaria devolvendo para um amigo.

Gaylard apareceu na Corte Superior de Jackson County na terça-feira (16/12) e atualmente o pastor encontra-se livre sob uma fiança de 355 dólares, o equivalente a R$ 796,00. “Eu acho que quando um pastor é pego com outro cara, você fica um pouco mais chocado. Mas somos todos pecadores”, disse Caleb Funke, diretor de jovens em outra igreja local.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!