SUS vai oferecer teste oral de HIV em toda a rede pública este ano

O teste oral para detectar HIV passará a estar disponível em toda a rede pública ainda este ano, de acordo com anúncio feito pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (6). O método dispensa o corte para a coleta de sangue. O diagnóstico é feito em 30 minutos, por meio da saliva, coletada por um cotonete. Ele tem a vantagem de não precisar de uma infraestrutura laboratorial.

Até então, o teste rápido estava sendo oferecido por 60 ONGs no projeto piloto Viva Melhor Sabendo. Os exames eram feitos em bares, parques e outros locais onde se concentram populações-chave, como homens que fazem sexo com homens, transexuais, usuários de droga e profissionais do sexo. A iniciativa faz parte da nova estratégia do Ministério, que é de aliar a prevenção, com o teste e o medicamento.

“Esse teste é muito importante porque temos hoje aproximadamente 150 mil pessoas no Brasil que vivem com o HIV e não sabem”, disse Arthur Chioro, ministro da Saúde. De acordo com o Ministério da Saúde, 14 mil pessoas já fizeram o teste oral, dos quais 381 receberam diagnóstico positivo. Dos que se submeteram ao teste rápido, 43% nunca tinha feito nenhum teste de HIV antes. Não de bobeira! Faça o teste e previna-se. #PartiuTeste!

Apoio: Ministério da Saúde

partiu-teste-pheeno-corpo

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!