‘Power Rangers’ ganha classificação +18 anos na Rússia por causa de personagem lésbica

A distribuidora Russa WDSSPR aumentou a classificação de Power Rangers de +16 para +18. Porém, nenhuma razão oficial foi apresentada. A mudança ocorreu depois dos legisladores russos reclamarem da inclusão de uma personagem gay no filme, a Ranger Trini. O longa recebeu críticas de diversos parlamentares anti-LGBT.

De acordo com o CB, o político Vitaly Milonov disse que o filme fazia uma “propaganda gay infame” e que “sua ideologia fascista deveria ser banida do país, para que filmes como o de Dean Israelite sejam banidos primeiro”.

O tão falado filme sobre os Power Rangers, que estreou nesta quinta-feira (22/03) no Brasil, apresentou o primeiro super-herói homossexual das produções de Hollywood. Ou melhor, a primeira super-heroína. A Ranger Amarela, Trini (interpretada por Becky Gomez), revela sua orientação sexual quando perceber que está tendo problemas em relacionamentos. Recentemente, o musical “A Bela e a Fera” recebeu classificação de 16 anos na Rússia, também por causa de um personagem gay.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!