Torcida do Brasil grita xingamentos homofóbicos em partida e seleção pode ser punida

A CBF corre risco de sofrer mais uma sanção devido a manifestações homofóbicas de sua torcida. Nesta terça-feira (28/03), todo tiro de meta batido pelo goleiro paraguaio na Arena Corinthians foi acompanhado de um sonoro grito de “bicha” emitido pela grande maioria dos presentes.

A CBF já teve que pagar duas multas devido a infrações do tipo. A entidade recebeu multas de R$ 66 mil e R$ 83 mil em 2016, após os jogos contra Colômbia, em Manaus, e Bolívia, em Natal, ambos em 2016. Desde então, tomou medidas brandas de prevenção, como o anúncio no alto falante de mensagens contra xingamentos a adversários.

Contra a Argentina, em Belo Horizonte, os gritos não se repetiram. Argentina, Chile, Peru e Uruguai já foram multados e advertidos pela entidade pelo grito de “puto” de seus torcedores quando o goleiro rival cobra o tiro de meta.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!