Travesti é morta a tiros por cliente após programa no Centro de João Pessoa

Uma travesti foi morta a tiros por um cliente após realizar um programa na noite do sábado (21/10), no Centro de João Pessoa. Segundo a Polícia Militar, outras travestis que estavam no local viram o crime e chamaram o socorro, mas a vítima não resistiu.

O crime aconteceu na Rua Monsenhor Sabino Coelho, por volta das 21h (horário local). De acordo com a PM, testemunhas contaram que a vítima chegou em um carro preto e logo em seguida começou a correr, quando foi baleada pelo motorista. A travesti, que não teve a identidade revelada, chegou a caminhar até o cruzamento com a Rua Desembargador José Peregrino, mas caiu em seguida.

Ainda segundo a Polícia Militar, as testemunhas contaram que a vítima estava fazendo um programa para o motorista do carro, mas não souberam informar quem era a pessoa. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas a vítima não resistiu e morreu antes da chegada da ambulância.

Perto do local do crime existem câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais e a polícia vai solicitar as imagens para tentar identificar quem teria realizado o crime. Até as 9h deste domingo (22/10), ninguém foi preso.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!