Homem mata a facadas amigo que o adicionou em grupo gay no WhatsApp

(Shutterstock)

Petrus Paulus Ualubun, um jovem de 21 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (17/04), após assassinar o próprio amigo em Jacarta, capital da Indonésia, depois de ter sido adicionado a um grupo LGBT no WhatsApp.

“O suspeito ficou bravo com a vítima após este o adicionou a um grupo LGBT”, contou a polícia ao jornal local Kompas. Irritado, Ualubun, convidou o amigo, Ali, de 33 anos, para um encontro. Ao chegar no local, o agressor desferiu golpes de faca no amigo, que acabou morrendo local.

A vítima foi encontrada por pessoas que passavam por um beco onde o corpo foi deixado. Ali apresentava marca de facadas no pulso, têmpora e olho esquerdos, além das nádegas, peito e coxa.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!