Eletrônico de luto: morre aos 49 anos DJ e produtor Robix

A house music está de luto! Perdemos na tarde desta sexta-feira (04/05) um dos maiores nomes do cenário eletrônico nacional, o DJ e produtor Robix, aos 49 anos. Segundo amigos e familiares, Robix morreu vítima de uma toxoplasmose cerebral. A notícia foi confirmada pelo DJ Marcel Clair, namorado e assessor de Robix.

Comemorando 33 anos de carreira neste ano, Robix vinha lutando contra a doença há mais de dois meses, quando iniciou o tratamento na Unidade de Terapia Intensivo (UTI). “Peço de coração a todos os amigos e fãs do nosso queridão e amado DJ Robix , que orem por ele e mandem muitas energias positivas”, informou Marcel no último dia 15 de março. Nas redes sociais, amigos e produtores lamentarem a morte do DJ.

Hoje, a nossa cena perde o maior mestre das pick ups, um amigo que nunca tinha tempo ruim, o sorriso já era concreto no seu rosto, e seu abraço era sempre o mais confortante e verdadeiro! Um parceiro que chamava seus mais chegados de irmão, que não media esforços para levar alegria e felicidade a todos!! Um cara que era recheado de ternura, que carregava o coração mais genuíno e uma paz de espírito inigualável. . Sabemos que foram semanas de luta para se manter firme entre nós, mas temos a certeza que agora ele está MUITO melhor do que todos, sabemos que ele está num lugar privilegiado e que suas feições agora esbanjam paz! Vamos sentir muita falta, e as noites jamais serão as mesma, mas descanse em paz, pois você já fez o seu papel aqui, com muita maestria! . Vai com Deus, ROBIX! Que seu caminho seja repleto de luz, e que lá de cima você consiga nos enviar mais e mais energia positiva, do jeitinho que você fazia aqui embaixo! . Agora mais do que nunca, ele virou uma estrela!! 💫 . <3 Irmão!

Uma publicação compartilhada por 🐬💦JOYFINHO 🎉JOY PARTY BRASIL (@joyfinho) em

Seu gosto pela música sempre existiu, tanto que Robix começou a tocar quando tinha apenas 13 anos. Com o tempo, seu talento foi ficando mais evidente, conquistando cada vez mais as pistas do Brasil afora, tocando em casas renomadas como Le boy, The Week International, The Pub, Josefine e muitos outras. Durante os anos de carreira, Robix faturou, por dois anos consecutivos (2011 – 2012), os prêmios de “Melhor DJ Ano” pela extinta “Revista S“.

Sempre muito parceiro do Pheeno, Robix bateu um papo com a gente para o #PheenoTV, durante a comemoração de cinco anos da festa Festa JukeBox. Ao lado do amigo de trabalho, o DJ Rodolfo Bravat, ele contou um pouco sobre suas residências da época e sua carreira como DJ. Ficam as recordações de uma pessoa maravilhosa que eletrizou as pistas Brasil afora! Vai fazer muita falta. Descanse em paz, Robix.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!