Chris Evans critica e debocha de “Parada do Orgulho Hétero” nos EUA

Sempre divulgando abertamente o seu apoio à comunidade LGBTQ+, Chris Evans, o “Capitão América”, não curtiu nadinha descobrir que três rapazes estão entrando na justiça em Boston, nos Estados Unidos, para que seja permitido a realização da “Parada do Orgulho Hétero”.

Nesta quarta-feira (05/06), o ator o seu perfil oficial do Twitter e debochou do caso. “Wow! Que iniciativa legal, parceiros!! Mas só uma ideia, ao invés de uma parada do ‘Orgulho Hétero’, que tal a parada do ‘Estamos tentando desesperadamente esconder nossos pensamentos gays sendo homofóbicos e porque ninguém nos ensinou a lidar com emoções quando éramos crianças’? O que vocês acham? Fica muito na cara?”, escreveu Evans.

Após esse tweet, Evans compartilhou um texto explicando porquê não deveria ter “Parada do Orgulho Hétero”: “Para aqueles que não entendem a diferença, veja abaixo. Em vez de ir imediatamente para a raiva (que é apenas medo daquilo que você não entende) tire um momento para buscar empatia e crescimento”, tuitou.

Parte do texto diz: “Não há nada que eu tive de lutar, ou sofri, porque sou hétero. E então, não há nenhuma razão para ter orgulho disso. Grato pelo privilégio que tenho? Claro. Mas orgulho? Não vejo isso”. Chris Evans, conte comigo pra tudo!

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!