Garoto de programa é preso após matar cliente por discordar do valor pago

Um garoto de programa foi preso acusado de matar um cliente em Queimados, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Segundo informações do jornal Extra, o crime aconteceu após os dois se desentenderam pelo valor cobrado pelo encontro.

De acordo com a publicação, Anderson de Almeida Paulo, de 38 anos, teria se encontrado com o garoto de programa Paulo Vitor de Oliveira Gomes, de 34 anos, no Centro de Queimados, depois de uma noite de bebedeira com amigos. Após se relacionarem sexualmente, eles não teriam chegado a um acordo sobre o valor cobrado pelo programa. Durante a discussão, Paulo sacou uma arma e atirou contra o cliente, que foi encontrado morto no carro. Em seguida, o garoto de programa roubou os pertences da vítima e fugiu. Segundo a publicação, a vítima e o autor já se conheciam e costumavam ter relações sexuais em troca de dinheiro.

De acordo com a DHBF, o corpo da vítima, que era estudante de odontologia, foi encontrado dentro do seu próprio carro, em frente a um campo de futebol, a cerca de 50 metros da casa do suspeito. Paulo Vítor foi preso dentro de casa. “Ele negou ter matado a vítima, embora tenha relatado um pequeno desentendimento pelo valor do programa. As investigações continuam para se chegar a motivação exata do fato”, disse o Delegado Leonardo Costa, da DHBF, que investiga o caso, ao Extra.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!