Novembro Azul: Em Salvador, mulheres trans e travestis podem fazer exame contra câncer de próstata

Durante a campanha ‘Novembro Azul‘, mulheres transgênero, travestis e pessoas não binárias da capital baiana também podem realizar consultas ou exames para prevenir o câncer de próstata através do Sistema Único de Saúde (SUS). Com informações do G1.

Em Salvador, os Multicentros Carlos Gomes e Vale das Pedrinhas – unidades geridas pelo Instituto Saúde e Cidadania (ISAC) – estão compostas com equipes multidisciplinares completas para o atendimento integral da saúde do homem, inclusive, com médicos urologistas. De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, cerca de cinco mil mulheres trans vivem na capital baiana. “O preconceito, a vergonha e o medo de ir até uma unidade de saúde também afetam a vida das mulheres trans, dos travestis e das pessoas não binárias“, explica Paula Souza, coordenadora de Assistência do Multicentro Carlos Gomes, ao G1.

Por isso, é importante sensibilizar e incentivar esse público para a prática do auto-cuidado. Mesmo aquelas mulheres transgênero que já fizeram a cirurgia de adequação de gênero também devem seguir um plano de acompanhamento periódico para o exame da próstata”, completa Paula. De acordo com orientação do Ministério da Saúde, a partir dos 50 anos de idade é preciso fazer anualmente o exame de toque retal, procedimento mais eficaz para detecção precoce de qualquer alteração na próstata. Indivíduos com histórico familiar da doença devem realizar o exame com 45 anos de idade.

Para ter acesso aos serviços, o beneficiário SUS da capital baiana deve realizar o agendamento das consultas ou exames através de uma das 153 unidades básicas da rede municipal. “É necessário quebrar todo tipo de tabu e ter a consciência que o cuidado com a nossa saúde deve sempre ficar em primeiro lugar”, destaca Paula.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!